Português - vol 3 - 1º ano


Caderno do Aluno
ensino médio 1º série
Português

PÁGINA 3


2-A) Porque quase sempre a penitencia são iguais.
B)Foi conversa para se livrar de seus pecados e ser perdoado.
C) Ele fica surpreso com sua penitencia.
D)Pela expressão facial do rosto dele


Página 4


c)Ele ligou as orações q teria q fazer à palavra PENITÊNCIA.
d)Por que ele interrompeu o falante e perguntou quanto teria q rezar.


Discussão Oral:


°entre amigos e parentes.
°de emprego.
°na escola.


1-°Alemanha


PÁGINA 5


3-
a)Um gênero infantil
b) Uma aventura
c)do livro, filmes, revistas,jornais etc..
d) porque ele está encarregado pela escrita


PÁGINA 6


a) a relação é que os dois textos relata sobre o gato..
b)a parti de uma simples dor de cabeça,dai ela vai ate a farmácia compra um remédio, e si encanta ao ver um gatinho na sacola.


Página 7 


2. (2)
(5)
(1)
(4)
(3)
(7)
(6)


Página 8 


LIÇÃO DE CASA




2-a)Não pelos detalhes apresentados


b)pelo conhecimento sobre internet


PÁGINA . 11


(2)
D


Página 12


amarás - beberemos - partirás
amareis - partireis
- partirão


Página 13


amaria - beberia - partirias
amaríamos -beberíeis - partiriamos
- beberiam


Futuro do Subjuntivo
amares - beber - partir
amarem - beber - partirmos
- beberem - partirdes


2 -
a) eu ira gostar
b) quando terei tempo
c) se tivesse tempo


Página 14 :


3) I - Futuro do Presente do Indicativo -> Indica uma certeza que vai ocorrer .
II - Futuro do Pretérito do Indicativo -> Indica um acontecimento não realizado , mas desejado .
III - Futuro do Subjuntivo -> Indica o desejo de que a ação seja realizada .


Página 16


A. Dois, um dentro e um fora.


B. é representado por uma gaiola com chapéu e uma capa vermelha.


C. parece olharnos como se estivesse esperando algo ou alguém.


D. com a impressão de que ele está cansado que andou bastante resolvendo ás questões emocionais de seus pacientes e esqueceu de si proprio.


E. Por que se resumi a uma questão de terapia.


Página 17.


D) Ficamos com a impressão de liberdade!
E) Pelo fato de haver a gaiola com os pássaros sendo libertos, lembramos da palavra "libertação" e na terapia nos LIBERTAMOS, colocamos para fora tudo o que sentimos.


Página 19


1.enlouqueceu
2.levantando
3.perguntaram
4.caçoava
5.introduzira
6.peguei
7.mascava
8.estava
9.cresceu
10.queixava-se
11.costumava
12.pudesse
13.deixavam
14.punha-se
15.quis
16.fosse
17.gostava
18.esqueceu
19.sentou-se
20.tinha


1 - D


2 - C


Página 21


1 - fala sobre um passarinho


2 - os dois eram oprimidos. tristes, ruivos, etc.


3 - (6º paragrafo do texto ) [...] Voce nao sabe nada mesmo, Pai, nem marca de carro, nem marca de cigarro, nem marca de passarinho, voce nao sabe nada [...]


4 - (10º paragrafo) [...] nao sei mesmo onde estava com a cabeça quando me casei com você, velho. [...]


5 - Sim, pra ele ter sido livre.


PÁGINA 26 E 27


3. "Será que ela tá na cozinha refogando a galinha à cabidela"
4. b)
5. Sugere o barulho do chocalho


PÁGINA 28


2. O barulho do rato roendo e a roupa rasgando


O NÍVEL FONÉTICO DO POEMA
a)


PÁGINA 29


1.
a) Repetição de consoantes
b) Repetição de vogais
c) Palavras que têm o mesmo som


O NÍVEL MORFOSSINTÁTICO DO POEMA
1. II
2. I


O NÍVEL SEMÂNTICO-FIGURATIVO DO POEMA
1.
Figura
a) Antítese - Contradição
b) Metáfora - Comparação
c) Metonímia - Parte de um todo
d) Sinestesia - Mistura de sensações


Definição
(D)
(B)
(A)
(C)


Exemplo
(B)
(C)
(D)
(A)


2.
Fogo; aquece; arde; antítese; visível; oximoro; opostos


PÁGINA 32


d)


PÁGINA 39
via: 100 Repetestes