Português - vol 1 - 2º ano


Caderno do Aluno
ensino médio 2º série
Português
Pag 3 .

''Questão 1'' : C
''Questão 2'' :
(a) - Econômica , porque fala que caviar é coisa de rico .
.(b) - ''Caviar é comida de rico, Curioso fico, Só sei que se come, Na mesa de poucos, Fartura adoidado''
,'' questão 3'' - (a) , através de filmes , rádios , internet ... etc.

Pag. 3

1- C

2-a. Desigualdade

b. caviar é comida de rico .

Pág. 4 - (PESSOAL)

3- * Poesias, televisão e manifestação via web.

* A sociedade em geral, não sei explicar, mas boa parte que sofre com a desigualdade,
encara essa letra como uma manifestação e um meio de incluir eles nas criticas sociais.

* No meu conceito, "rir" , seria um modo de passar por cima, desses tais "costumes" ,
que seria essa exclusão social.

Pagina 4

Exercício 4
Você completa os espaços na seqüência que eu vou fala

contexto
intenção
lugar
publico
programa
sentido
realidade
cultura
critico
sociedade

Pág. 4

Lição 3

Contexto intenção lugar público
Meio sentido realidade cultura
Crítico sociedade


Pág. 4

4.

(1) contexto, (2) intenção, (3) lugar, (4) público, (5) meio, (6) sentido, (7) realidade, (8) cultura, (9) critico, (10) sociedade.


Pág. 5

1 a) V
b)V
c)V
d)F
e)F

2) Em baixo de Portugal você coloca (TROVADORISMO)
Em baixo do Humanismo você coloca (RENASCIMENTO)
Em baixo de renascimento você coloca (BARROCO)
Em baixo de arcadismo ou neoclassicismo você coloca (ROMANTISMO)
Em baixo de realismo-naturalismo do lado direto você coloca (PARNASIONISMO)
Em baixo de simbolismo você coloca (MODERNISMO)

Os quadros q eu não falei deixa em BRANCO

Pág. 06

Exercício 2.

- Assassinato, crime, briga e etc...

- Seriedade, que ele seja justo.

Exercício 3.

- Trata dos problemas dos animais

- Trata dos problemas da humanidade.

Página 6

EXERCÍCIO 3
R: a diferença é que o da roça eles são mais humildes, mas acho que é mais fácil de julgar, pois eles aceitariam o acordo com o juiz por não conhecerem seus direitos..


Pág. 6

Exercício 3

• O juiz de Paz da Roça-interior; simplicidade; campo!
• O juiz de Paz da Cidade - cidade grande; metrópoles; urbano.
. A roça é simplicidade e a cidade é urbana.


Pág. 08


Exercício 1.

a) Autoritário justo e etc...

b) Exemplo:

Pequira - Pesquisando na internet.

Página 8

1. Porque a ambigüidade causa duplo sentido na frase.

Página 8

1.
a) ele é injusto, pois nem quis ouvir direito o que eles tinham para falar.
b) Anistia, embarcio e pequira, não resolveram minha dificuldade ainda.

3. Que iria servir o quartel.

ESTUDANDO A AMBIGUIDADE
1. Pela intenção que está chamando a mulher dele de égua, e estar xingando alguém.

Pág.8

Exercício 1

a) Autoritário e abusa do poder

b) "resposta variável"

Exercício 2

O juiz teve que julgar um caso em que Francisco Antonio reinvidicava a posse do potro que é supostamente resultado da cruza da égua de sua mulher com o cavalo de José da Silva, este reclama o potro por ser malhado como o seu cavalo, porem o juiz deu ganho de causa para Francisco Antonio e ameaçou prender José da Silva se não entregasse o potro ao seu dono.

Exercício 3

Ele quis dizer que mandaria José da silva servir ao exercito

Página 8
1)a- ele era mito mandão e não estava interessado em resolver os problemas das pessoas
b- agarra para soldado : alistar-se para o exercito

2)-o juiz teve de julgar a quem o ertencia a égua da mulher do sr° Francisco Antonio a discussão a quem merecia o potro quase fez Jose parar no exercito

Discussão Oral

Muitos se valem do poder para subjugar os outros estudando ambigüidade.

1)20Porque tanto pode ser o animal quanto a mulher tratada de forma pejorativa


Pagina 8

Discussão Oral
Que semelhanças encontra entre juiz de paz da roça e a letra da musica caviar?
Resposta: ambos apresentam um ponto em comum a critica social


Página 9

Exercício 2

No meu tribunal, aconteceu o seguinte caso:
“Francisco Antônio, natural de Portugal, porém brasileiro, sendo ele casado com Rosa de Jesus, trouxeram o caso de uma égua”.
“Ora, acontecendo ter a égua de minha mulher um filho, o meu vizinho Jozó da Silva diz que é dele, só porque o dito filho da égua de minha mulher saiu malhado como seu cavalo”.
Ora, como os filhos pertencem a mãe, a prova disso é que minha escrava Maria tem um filho que é meu, peço a V.s° mande o dito meu vizinho entregar-me o filho da égua que é de minha mulher" .

Juiz: O senhor tem um filhote preso, está ciente que pode ser preso por isso?
José: Sim, mais tenho certeza que não serei.
Pois meu filhote é malhado como meu cavalo, e não temos prova que o filhote não é filho do meu cavalo.
Juiz: Aceitaria uma negociação senhores?
José, Francisco: Sim V.s°!
Juiz: Proponho fazermos um leilão, e o dinheiro arrecadado ir para a reforma do tribunal?!
José: Eu concordo e mais pra frente nossos cavalos poderam ter outra cria.
Francisco: Fechado, pode fazer o leilão V.s°..
Juiz: Pois bem, o leilão será marcado. Está encerrada a sessão!

Página 9

Exercício 2

No meu tribunal, aconteceu o seguinte caso:
“Francisco Antônio, natural de Portugal, porém brasileiro, sendo ele casado com Rosa de Jesus, trouxeram o caso de uma égua”.
“Ora, acontecendo ter a égua de minha mulher um filho, o meu vizinho Jozó da Silva diz que é dele, só porque o dito filho da égua de minha mulher saiu malhado como seu cavalo”.
Ora, como os filhos pertencem a mãe, a prova disso é que minha escrava Maria tem um filho que é meu, peço a V.s° mande o dito meu vizinho entregar-me o filho da égua que é de minha mulher" .

Juiz: O senhor tem um filhote preso, está ciente que pode ser preso por isso?
José: Sim, mais tenho certeza que não serei.
Pois meu filhote é malhado como meu cavalo, e não temos prova que o filhote não é filho do meu cavalo.
Juiz: Aceitaria uma negociação senhores?
José, Francisco: Sim V.s°!
Juiz: Proponho fazermos um leilão, e o dinheiro arrecadado ir para a reforma do tribunal?!
José: Eu concordo e mais pra frente nossos cavalos poderam ter outra cria.
Francisco: Fechado, pode fazer o leilão V.s°..
Juiz: Pois bem, o leilão será marcado. Está encerrada a sessão!


Pág.10

ESTUDANDO O PERÍODO SEMPLES E O COMPOSTO

01. Frase é todo enunciado lingüístico capaz de transmitir uma idéia. a frase é uma palavra ou consumo de palavras que constitui um enunciado de sentindo completo
A frase não vem necessariamente acompanhada por um sujeito, verbo ou predicado. por exemplo: <> é uma frase, pois transmite uma idéia - A idéia de ter cuidado ou ficar atento - mas não há verbo, sujeito ou predicado

Oração é todo enunciado lingüístico que tem o núcleo como o verbo, apresentando, desta maneira. e na maioria das vezes "termos essenciais da oração sujeito ou predicado."
Ex: o menino sujou seu uniforme

Período é uma frase que possui uma ou mais orações, podendo ser:
simples: quando construído de uma só oração
ex: João ofereceu um livro a Joana

composto: quando constituído de duas ou mais
ex: o povo anseia que haja uma eleição justa, pois a última obviamente não foi.
Os períodos composto são formados por coordenação, por subordinação ou por ambas as formas ( coordenação - subordinação)


02. Filomena na área!
você de fora, irá me seguir!
sou costureira,
informações aqui.


Pág 10

1) é um gênero mais característico do teatro brasileiro. Caracteriza-se pela criação de tipos de situações de época, com uma sútil sátira social.


Pagina 11

4)

*obs:onde tiver / é q eu dividi os períodos em orações e,as palavras q estiverem com letra maiúsculas são os verbos.

a)A menina APRENDEU a lição/e a EXPLICOU a seus colegas.
b)O carro ESTAVA com algum problema/então o MANDARAM para a oficina.
c)FUI a uma festa/mas não me DIVERTI muito.
d)SAÍMOS muito atrasados/portanto CHEGAMOS tarde ao destino.
e)Paulo FALTOU à prova/porque não ESTUDOU a lição.

5)

a)se - condição
b)quando - tempo
c)onde - lugar
d)mas - adversidade
e)porque - explicação


Lição de Casa!

Pág.11

1. É um gênero mais característico do teatro brasileiro. Caracteriza-se pela criação de tipos e situações de época; é considerado o criador da comédia de costumes.

2. Pessoal


Pagina 12, 13


Noticia ou opinião?

I.opinião
II.noticia
III.noticia

2. Porque noticia é um fato e opinião é o q pensamos sobre determinado fato

3.Trecho I. esta falando de produção de trangenicos
a posição da autora e contra a produção de trangenicos

Pág 12 e13

Noticia ou opinião?

1) I- Artigo de opnião
II- Noticia
III- Noticia

2) No texto I o autor da a sua opinião. Já nos textos II e III não expressa opiniões.

3) Identifica-se a opinião do autor nos trechos:
"... O Brasil precisa de agricultura livre de trangenicos..." e "... Eles pagam até 10% a mais para se ver livres do milho 'Frankenstein’..."

Pag 14

2)
a- Sobre redações nos vestibulares.
b- resposta : II


5.I= A questão controversa é que a prevenção da AIDS acaba ficando para segundo plano em relação a cura.

Pág. 14
a) Redação do vestibular.
b) II

Pág. 15

3. a medicina esta mais preocupada com a cura da AIDS , do que com a prevenção.
que também é importante para diminuir o numero da doença.
Pagina 15

5.II= Os Jovens tem poucas fontes de conhecimento sobre sexualidade.

5.III= O cadastramento só favorece o crescimento de poder da elite.

6.A = A redação do vestibular.
6.B = O perfil que as consideradas grandes universidade procuram é o do aluno que tenha algo a dizer.
6.C = O tempo, que se o aluno coloca só que "o tempo é relativo " ou " o passado explica o presente" ele estaria desclassificado, pois ele teria que se aprofundar melhor no tema, que o que eles procuram.


Pag 15 e 16

3)
I- "... A prevenção da AIDS acaba ocupando um posição secundaria dentro das políticas de saúde..."

II - O fato de o jovem se queixar que não tem fonte de conhecimento sobre a sexualidade.

III- "... Estado está organizado para não deixar que a elite perca poder econômico e político..."

Página 16

a)passagem pela adolescência
b)folha de s. Paulo 21 fev. 2008 caderno equilíbrio p.12
c)sim porque ele se trata de pais e adolescentes
d)passagem pela adolescência
e)os pais devem participar os assuntos junto com os adolescentes


Pág. 16

a) ligação, argumentos e concluir o texto.
b) sobre o perfil do aluno.
c) o tema da fuvest.

Página 17

2. Porque para ver liberdade não precisa consumir álcool


Pág. 17

1. assinale..
b)(x)- é considerado criança, até os 16
d)(x)

PAGINAS 17,18 E 19 

1-) A( ) ; B(X) ; C(X) ; D (X) ; E (X)

2-) Porque não há quem seje contra essas afirmações, B,C,D,E sendo questões controversas e a afirmação A, é bem argumentada e agrada bastante o leitor.

3-) A) Passagem pela adolescência

B) Caderno Equilíbrio , p. 12 Folha de S.Paulo

C) Sim

D) Como é a adolescência, e como os pais devem agir obre esse assunto.

E) Sim, mais aí vai de cada leitor, na minha opinião sim.

Página 18/19/20

1. Completando a tabela
INTRODUZ ARGUMENTO → pois, uma vez que, posto que
ACRESCE ARGUMENTO → Além disso, também
INTRODUZ CONCLUSÃO → Em suma, Portanto
INTRODUZ UMA IDEIA NA DIREÇÃO CONTRÁRIA DO QUE É AFIRMADO ANTES → Entretanto, porém

Página 18

2-) A) A visão sobre a adolescência.

B) ele argumenta que os adolescentes precisam da companhia dos pais, nessa fase a cabeça deles estão aéreas e acham que já podem lhe dar com os problemas, dificuldades da vida...mais não, eles precisam sim da proteção de seus pais

C) Sim. Ele orienta os pais como lhe dar com esse assunto "a passagem da adolescência", ajudando até mesmo os próprios adolescentes, e sempre preservando e respeitando os valores humanos.

Pág. 19

A= o texto afirma que muitos adolescentes na passagem da adolescência para a vida adulta.

B= no primeiro parágrafo do texto e no quarto parágrafo.

c= sim vai ser de estabelecer buscar dialogo com os pais ou responsáveis

Pág. 20
(Quadro)
Introduz argumento: Pois, uma vez que.
Acresce argumentos: Além disso, também.
Introduz conclusão: Em suma, portanto, posto que.
Introduz uma ideia na direção contrária do que é afirmando antes: Entretanto, porém.


Pagina 20 

"Quadro"

INTRODUZ ARGUMENTO 
- Posto que 
- Pois
- Uma vez que

ACRESCE ARGUMENTO
- Além disso
- Também

INTRODUZ CONCLUSÃO
- Em suma
- Portanto

INTRODUZ UMA IDÉIA NA DIREÇÃO CONTRÁRIA DO QUE É AFIRMADO ANTES
- Entretanto
- Porém


Págs. 20, 21

Do lado dos pontinhos", Coloque 1,2,3 Que fica Mais fácil de completar o quadro


Introduz Argumento: 9,1,7
Acresce Argumento: 3,6
Introduz Conclusão: 2,4
Introduz uma ideia NA...: 5,8

Página 23

Exercicio nº 2
- Porque ela terminou a lição mais cedo,porem mesmo assim ela não saiu mais cedo.

Página 24

1.
A-O amor e a luz.
B-Que seja romântica, que fale de paixão, da grandeza do amor simbolizado pela luz.

2-É uma declaração de amor para a sua amada através da lua, falando e seus medos e seus desejos.


Pág. 24
1- a) Noite estrelada, Romance, e Amor.

b) Lobisomem, Romance.

2- Essa Musica fala sobre um casal de apaixonados, esta relatando um amor que os dois vivenciaram.

Pág. 25

3- A Primeira combina mais com a letra da musica.
Na segunda a letra é mais detalhada talvez não combine muito com a melodia da musica.

4- Não há nenhuma diferença no sentido, mas sim na facilidade da pronuncia.

Pág. 26

Literatura: arte ou divisão ?

1.
Arte//momento da história//realidade social//
valores//história//tradição//literatura//viversão .

PAGINA 26

6. (Sublinha lá no texto)
*lavor
*candeia
*esguio
*chinó
*S'espraia
*efluviosa
*favônios


Pág. 27

7- O uso da palavra trovador é mais poético. E o uso da palavra humano é mais comum é uso do dia-a-dia.

8-
a) V
b)V
c)F
d)F
e)V

Pág.28

2-
a(x)
c(x)
d(x)
e(x)

Página 28

Lição de casa

1 - É o conjunto de procedimentos lingüísticos de cada época.
2 - (a) , (c)
3 - O realismo.

pág. 28

9. a lua que o autor se trata é de uma historia de amor uma pessoa se declarando para a outra 2 não se trata dos amantes e sim dos namorados ou casados


PAGINA 28

Você Aprendeu? 

1. arte / momento da história / realidade social / valores / histórica / tradição / literatura / diversão.
Pág. 28 

2.
Kleberson diz :
Todaa obra di arte teem uma preocupaçãoo
históriica: trata oa longoo do tempo, de temas
humanoos. Literatura éé; pra mtas pessoas, 
acostumadas apenas a textos de distraçãoo
a literatura tem de ser aceiita imediatamentee .

OBS: tem que se escrever igual escrevi ai ↑ 

Página 29 

2-A

Página 30 

Quadro

Ah, é simples! Arte e literatura são algo que nós humanos usamos para nos expressar, mostrar nossos sentimentos. Literatura é a arte escrita, já a arte, é sempre arte, tanto escrita, quanto falada ou pintada!

Página 30

Kleberson diz: A literatura e a arte de complementam: a literatura é a arte de falar, que expressa os sentimentos nas palavras escritas, já a arte expressa seus sentimentos através de formas, desenhos, obras etc.

Pág. 31 à 38 

Resumo do texto a cartomante 

A Cartomante


A cartomante é a historia de Vilela, Camilo e Rita envolvidos em um triângulo amoroso. A historia começa numa Sexta-feira de novembro de 1869 com um dialogo entre Camilo e Rita. Camilo nega-se veementemente a acreditar na cartomante e sempre desaconselha Rita de maneira jocosa.

A cartomante está caracterizada neste conto como uma charlatã, destas que falam tudo o que serve para todo mundo. É um personagem sinistro, que apesar não ter nem o seu nome revelado (característica machadiana), destaca-se como um personagem que ludibria os personagens principais.

Rita crê que a cartomante pode resolver todos os seus problemas e angústias. Camilo já no fim do conto, quando está prestes a ter desmascarado seu caso com Rita, no ápice de seu desespero, recorre a esta mesma cartomante, que por sua vez o ilude da mesma forma como ilude todos os seus clientes, inclusive Rita.

A mulher usa de frases de efeito e metáforas a fim de parecer sábia e dona do destino de Camilo, este que sai de lá confiante em suas palavras e ao chegar no apartamento de Vilela encontra Rita morta e é morto a queima roupa pelo amigo de infância, que já está sabendo da traição da esposa e o esperava de arma em punho.


Página 40

1) Romance é um gênero literário narrativo. 
2) É quando o leitor não conhece o destino definitivo dos personagens. 

PAG 41

TEXTO A: SÉCULO XX BRASILEIRO
TEXTO B: SÉCULO XIX BRASILEIRO
TEXTO C: SÉCULO XIX BRASILEIRO
TEXTO D: SÉCULO XIX PORTUGAL

Página. 42

2) Período simples: apenas um verbo.
Período composto: com mais de um verbo.
3) Curtas mensagens usadas como identificação de fácil memorização agregando a um produto ou 
serviço.
4) Tem finalidade de manter-se na mente do consumidor ratificando certas características.

Página. 43

5a) A arte é o caminho da vida.
b) Solitária é a vida.
Companheiro é a arte.

pág. 44

6-
a)intelectual/classificatoria
b)emotiva/modo pessoal de interpretar a realidade.
c)intelectual/descrição objetiva
d)intelectual/objetiva
e)intelectual/definição
f)emotiva/juizo do valor
g)emotiva/modo de interpretar a realidade


Pág. 45


1) A)intelectual

B)emotivo

C)intelectual

D)emotivo

E)intelectual

F)intelectual

G)emotivo

2)simples pois possui apenas um verbo

3)É uma propaganda de alguma empresa. Jornal,Tv e etc.


Página 46 

2-Período simples há um verbo só, o composto tem dois ou mais verbos.
3-Slogan é uma curta mensagem usada como uma identificação de fácil memorização agregando a um produto ou serviço.

Página 47 

4-Chamar a atenção do consumidor ou telespectador.

pág. 48

a) A arte é o caminho da vida

b) Duas Orações
Solitária da vida
Companheira é a morte

2) A vida é solitária
A arte é companheira

3)Elas são formada por justa posição, a semelhança é que as duas são justas postas e a diferença é que a primeira é formada por verbo e a outra é formada por predicado verbal

4) A vida é a felicidade, e o amor é o companheiro. 


Página. 51

(vou colocar na ordem, só completar o texto.)
1) Coleção, poesia, tema.
Categoria, agrupadas.

Pág. 55

Vou Colocar Na Ordem Coleção, Verso, Tema, Categoria, agrupado.



Pág. 59 

Exercício 2

a) Mostra muitas coisas diferentes, palavras estranhas.
b)O poema fala de um sonho.
c)32 estrofes e verso 8 versos é um conjunto,e a estrofe é cada linha.

3)c
4)d
via: 100 Repetentes