Geografia - vol 1 - 2º ano


Caderno do Aluno
ensino médio 2º série
Geografia

Pág. 3


Questão 2
(Pessoal) Vai depender da região que você mora


Pág. 3


De cada cidade é diferente, então se alguém for de Mauá pega ai!


1. Quem impulsionou a construção inicial da cidade de Mauá foi a construção da ferroviária Jundiaí/Santos para escoar a produção de produtos do Brasil e a atividade econômica principal eram as industrias de porcelana (cerâmica)
2. De acordo com a questão anterior a cidade de Mauá temos atualmente a indústria de porcelana


Pág. 3


- São Paulo
Logo depois da revolução industrial o café tomou conta do cenário econômico de São Paulo, essa revolução se tornou a razão de muitos brasileiros deixassem seus estados para traz e migrassem para São Paulo em busca de trabalho.
Isso foi o grande motivo de crescimento do estado de São Paulo


Pagina 3


Se alguém for de barra bonita:


A atividade econômica foi o café um pouco antes do século 20, o café durou como economia ate 1929, depois da crise econômica dos Estados Unidos, afetou a economia mundial, então barra bonita não tinha mais pra onde vender seu café e todos abandonaram seus negócios na fazenda, cultivo e tal, foram pra cidade tenta algo melhor, por volta da década de 40, começaram a ter a idéia de cultivar cana-de-açúcar, que move a economia da cidade de barra bonita ate nos dias de hoje.


Pág 3


1 - Quem impulsionou foi a pecuária e depois veio o Café.


2 - Não. Mas no estado de São Paulo sim, como por exemplo em Barretos, uma cidade cuja atividade econômica é a pecuária, no oeste Paulista o Café.


Página 4


- Leitura e analise de mapa


Analisando o mapa da economia do século XVI do território Brasileiro vimos que:


Em primeiro lugar o Brasil foi colonizado pelos portugueses e trabalharam muito para adentrar no espaço que conhecemos hoje como nordeste e sudeste.
No século XVI o que chamamos isso de Brasil os portugueses conseguiram de 1500 até 1600 apenas 1/3 desse território que era conhecido como meridiano de Tordesilhas.
A primeira economia foi o pau Brasil que os portugueses retiravam deste território e levavam para a metrópole: Portugal
Por muito tempo essa riqueza fez com que os portugueses da Europa ficassem ricos; Com a chegada de uns negros africanos surgiu também a cultura. Na áfrica uma delas era a cana de açúcar, conforme esses negros iam adentrando o território levavam consigo algumas mudas da cana sendo essa a segunda economia do Brasil.
A pecuária foi de pequeníssima importância no Brasil no século XVI, pois os nativos e portugueses comiam carne de animais selvagens ex: TATU, PORCO DO MATO etc.
Os limites das capitanias hereditárias hoje são os estados e as cidades que conhecemos, as capitanias reais são aquelas que chamamos de capitais de cada estado e assim no século XVI existiam cidades e vilas.


Pág. 5


Mapa: Brasil: a economia e o território no século 17
interpretação: No século 17, surgiu em grande escala as drogas do sertão se multiplicou a expansão da pecuária.


Pág. 6


Mapa: Brasil: a economia e o território no século 18
interpretação: Surgiram algodão, ouro e diamantes, as drogas do sertão, cana-de-açúcar e com tudo isso o que gerou, a pecuária cresceu muito.


Pág. 7


Mapa: Brasil: a economia e o território no século 19
interpretação: Já no século 19, a pecuária despertou e com ela seus atributos, café, mate, cacau, fumo, algodão, ouro, diamante, drogas no sertão borracha e cana-de-açúcar, e ferrovias.


Pag. 8


2. As atividades que se destacavam no séc. XVI foi o pau-brasil e a cana-de-açúcar. a cana-de-açúcar deu um pequeno aumento e o pau Brasil teve uma alta queda


3. Aumento, porque aumento a população e o território.


4. Que ele produzia não para seu Pais, mas sim para outros paises


5- Sim, pois com a passar do séc. ele foi desenvolvendo.


Pág. 8


1- economia e território. Sim explica claramente o significado do titulo


3- no século XVII pro XVIII houve um grande aumento das cidades e vilas a população aumentou e as atividades econômicas expandiram-se


Pág. 8


1 - A economia do Brasil. Durante quatro séculos as legendas não exprimem a mesma relação do produto.


2 - A expressão é aplicada à economia e a configuração geoeconomica ao território brasileiro no inicio do século XX, marcadas pela divisão e “ilhas" regionais, em grande parte resultante da economia colonial.


3 - Aumento, porque aumentou devido as atividades econômicas desenvolvidas, graças aos eixos de transportes e ferrovias.


4 - Com o passar dos anos, ocorre um aumento no cultivo de produtos e exploração mineral. Por exemplo, no século XVI, havia exploração de Pau - Brasil, produção de cana - de - açúcar e criação de animais.


5 - (ESSA É PRATICAMENTE PESSOAL EU COLOQUEI ESSA RESPOSTA PELA EXPLICAÇÃO QUE A PROFESSORA DEU)
Os gados iam pastando e o homem os seguia e ia se instalando no território


Pág. 8


Questão 1:A economia e o território no século XVI, XVII, XVIII e XIX.


Questão 2: Pau-Brasil, Cana de açúcar e pecuária.


Questão 3: O número de cidades aumentou, Isto só foi possível devido ao crescimento das atividades econômicas


Questão 4: A falta de integração entre as economias regionais que se constituíram como espaços relativamente autônomos de produção e consumo, mantendo relações mais estreitas com o mercado externo.


Questão 5: Através das diferenças regionais


Pagina 9


Lição de casa


1-No período colonial brasileiro ocorreu a implantação da colonização de exploração.A organização da economia foi realizada com base no abastecimento do mercado externo. Houve a introdução da grande propriedade agrícola, o latifúndio ou plantação e da monocultura.


2-Espaços geográficos produzidos e organizados para atender o mercado externo.Ex; espaço da mineração(século XlX e XX) , espaço do café (século XlX e XX)e etc.


3-Expressa a falta de integração entre as economias regionais que se constituíram como espaços relativamente autônomos de produção e de consumo, guardando relações, mas estreitas com os mercados externos do que entre si.


4-O povoamento do litoral, as redes de cidades, a concentração fundiária e a monopolização do acesso a terra, o poder político das elites locais, etc.


Pág. 9


Lição de casa


2 ) SPAÇOS GEOGRAFICOS PRODUZIDOS E ORGANIZADOS PARA ENTENDER O MERCADO EXTERNO. EXEMPLOS ESPAÇO DA AGRO-INDÚSTRIA (XVI E XVII) CANA DE AÇUCAR, ESPAÇO DA MINERAÇAÕ SECULOS 17 E 18 ESPAÇO DO CAFE SECULOS 19 E 20


3) XPRESSA A FALTA DE INTEGRAÇAÕ ENTRE AS ECONOMIAS REGIONAIS QUE SE CONSTITUIRAM COMO ESPAÇOS RELATIVAMENTE AUTONOMOS DE PRODUÇAÕ E CONSUMO, GUARDANDO RELAÇOES MAIS ESTREITAS COM O MERCADO EXTERNO DO QUE ENTRE SI


Pág. 9


1- Colonização de exploração
2- Quer dizer que havia ajuda aos países estrangeiros para exportar mercadorias do Brasil
3- Pela falta de integração das economias do pais , uma não dependia da outra e visavam o mercado exterior
4- Cana-de-açúcar, pecuária, agricultura, fazendas etc.


Pág. 9


1- Ocorreu no Brasil uma colonização conhecida como, colônia de exploração, devido Portugal ter usado o Brasil para proveito econômico.




2- As produções eram organizadas em espaços econômicos diferenciados e sem ligações entre eles essa produção e esse espaço econômico separado recebeu o nome de espaço extrovertido.




3- Era uma produção fechada cuja preocupação era apenas com o mercado externo.




4- Algumas empresas de grande porte, que antigamente e até hoje utilizam recursos do Brasil, esse ciclo econômico se mantem até hoje.


Pág. 10


"Ciclo econômico"


*Período:
-Cana-de-açúcar: Segundo ciclo econômico (Séculos XVI-XVIII).
-Mineração: Terceiro ciclo econômico (1709-1789).
-Café: Quarto ciclo econômico (1800-1930).
*Principais áreas de ocorrências:
-Cana-de-açúcar: Cidades costeiras.
-Mineração: Capitania de São Paulo (Planalto Central e Montanhas Alterosas) Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso.
-Café: Vale do Paraiba (entre Rio de Janeiro e São Paulo) e nas zonas de terras roxas do Interior de São Paulo e do Paraná.
*Destino da Produção:
-Cana-de-açúcar: Açúcar e exportação.
-Mineração: Mercado interno e parte era exportada.
-Café: Parte do Capital investido em indústrias, mas basicamente abasteciam a Europa.


Pág. 11


O meu professor disse q esse mapa tá errado mas msm assim ele tinha falado pra fazer então vc tem que pintar os lugares onde a Cana-de-açúcar, a mineração e o café estão nos maps anteriores ou melhor no século XIX. e o título do mapa é Brasil período colonial econômico.


Pagina 11


as regiões:
☺Pernambuco;
Paraíba;
Sergipe;
Bahia;
Rio De Janeiro;
São Paulo;
Minas Gerais;
Mato Grosso;
Goiás;
Espírito Santo;
Paraná.




página 12


1 arquipélago econômico expressa a falta de integração entre as economias regionais.


2 letra A




Pagina 12


Questão 1


''Arquipélago econômico''
São os espaços vazios entre as regiões econômicas.


Pág 12


1.A exploração e a extração da ilha.
2. a


Pág. 14


1- O assunto é conflito fronteiriço na América do Sul


2- América do Sul e os seus conflitos


3- Que o Brasil não tem nenhum conflito fronteiriço. Já faz algum tempo que o Brasil não tem esses tipos de conflito.


4-Porque esses conflitos ocorreram no período colonial e foi resolvido no período imperialista (até mesmo no colonial)


Pág. 14


1.Um continente em guerra
2.Conflitos em um continente
3. Revela q o Brasil não está em conflitos com outros paises.
4. Por que o Brasil é o maior território que aparece no mapa. E foi através de acordos.


PAGINA 14


1. VÁRIOS CONFLITOS ENTRE PAÍSES LATINOS E CONTRA O REINO UNIDO. DISPUTAS DE FRONTEIRAS.


3. O BRASIL NÃO CONSTA NA LISTA DE CONFLITOS ATUAIS DA TABELA.


04.O BRASIL NÃO CONSTA NA LISTA ,POIS UTILIZOU DA DIPLOMACIA ATRAVES DE TRATADOS DE LIMITES REALIZADAS DURANTE A FORMAÇÃO DO TERRITÓRIO BRASILEIRO.


Página 17


Não concordo, pois só depois do rio branco que tudo estabeleceu.


Página 17


a) Pode ser entendida como exploração e refere-se ao domínio colonial mercantilista.
b) Não houve alteração na estrutura social do Brasil independente.




Pág. 17


17; . Os tratados de limites Rio Branco dedicou sua vida para definir fronteiras do pais, conseguiu os tratados de limites sem guerra com os outros paises.
. Oposição do geógrafo. No livro escrito pelo geógrafo Demetrio Magonoli ele afirma que somente 32% das fronteiras devem-se exclusivamente a Rio Branco.
. Confirmação das conquistas de Rio Branco. No Império tentou-se fixar bilateral todo o contorno terrestre do Brasil e muito se conseguiu, mais ainda sobraram trechos em aberto e seu fechamento foi graças a Rio Branco.


Página 18


2.
a) A delimitação no Brasil teve inicio no século XVIII, e nos primeiros anos do século XX
os problemas pendentes foram negociados pelo barão do Rio Branco. Tratados internacionais.
b) a delimitação é uma maneira de resolver seus problemas, sem conflitos.


PAGINA 18


1)
A. DEFINIÇÃO: OPERAÇÃO CONCEITUAL NA QUAL É TRAVADO UM ACORDO SOBRE OS PRINCIPAIS GERAIS PARA A PRODUÇÃO DOS LIMITES.


B. DELIMITAÇÃO:CONSISTE NA FIXAÇÃO DOS LIMITES ATRAVÉS DE TRATADOS INTERNACIONAIS.


C. DEMARCAÇÃO: É A IMPLANTAÇÃO FISÍCA DOS LIMITES POR MEIO DE MARCOS EM PONTOS DETERMINADOS.


D. DESIFICAÇÃO DE CARACTERIZAÇÃO: ETAPA NA QUAL SE REALIZA O APERFEIÇOAMENTO SISTEMATICO DA MATERIALIZAÇÃO DA LINHA DIVISÓRIA ,MEDIANTE INTERCALAÇÃO DE NOVOS MARCOS,COM O OBJTIVO DE TORNÁ-LOS CADA VEZ MAIS INTERVISIVEIS,ISTO É, FACILMENTE PERCEPTIVES PARA OS DOIS LADOS.




Pág. 18


1ª Definição, Delimitação, Divisão e Demarcação.


PAG 18


1 - O estabelecimento das fronteiras políticas internacionais constitui-se usualmente de três etapas: a) a delimitação, que consiste na fixação dos limites através de tratados internacionais; b) a demarcação, que é a implantação física dos limites, por meio da construção de marcos em pontos determinados; c) a densificação ou caracterização, etapa na qual se realiza o aperfeiçoamento sistemático da materialização da linha divisória, mediante intercalação de novos marcos, com o objetivo de torná-los cada vez mais intervisíveis.


Pág. 19


Pesquisa


A maior parte das fronteiras brasileiras foi criada no período Imperial se na Era do "Rio Branco" constituiu um período marcado pela figura do Barão do Rio Branco, responsável pela política externa durante o início do período republicano brasileiro. Defendeu o Brasil nos arbitramentos internacionais, que era um modo de resolver o problema. O seu principal feito foi a "questão do Acre" Na época o Acre pertencia a Bolívia. Mas a "Corrida da Borracha" inúmras seringueiras brasileiras foram para o local. Chegaram até mesmo a conseguir uma efêmera independência. Para contra-atacar a Bolívia assende um acordo com o Acre. As seringueiras se revoltaram. O exército boliviano foi posto do Barão do Rio Branco. Essa época foi o período dominado pelo Barão do Rio Branco.
E o ganho das Terras do Acre para o Brasil.


Pag 20 e 21


Você Aprendeu?


-> C


O que eu aprendi:


A Gênese das fronteiras brasileiras.


Aprendi sobre is países da América Latina, que estão em guerra por causa de territórios.
E também sobre o barão de Rio Branco, que marcou todas as fronteiras do Brasil, sem nenhuma guerra de 1902 á 1912.
Sobre as etapas para fazer a demarcação das fronteiras políticas internacionais que consiste: definição, delimitação, demarcação, desificação. A importância da marcação de fronteiras de um Pais sem guerras.


Pág. 23


1-em 1940 ele está no Rio de Janeiro, que lá eram muito controladores, e depois passara algum tempo mudam de lugar aonde é hoje por que eles podem fazer o que querem sem medo.
2-os fatores da economia ter evoluído e assim as capitais evoluíram e se tornar assim igual a hoje.
3-o país que vivia no nordeste do Brasil vieram que tinha mais concentração de riscos ioneiros,ou seja, trabalho e imigram pra lá em busca de trabalho e dinheiro.
4-os estados do Rio de Janeiro ,Espírito Santo,Minas Gerais, parte de Goiás,Mato Grosso do Sul e São Paulo.




Pág. 23


1 - A construção e a localização de Brasília (1961) promoveu um avanço dos espaços realmente integrados a economia nacional, áreas de influência das capitais, estados do nordeste, São Paulo e Rio de Janeiro (antiga capital federal).


2 - Expansão do espaço integrada em economia nacional com a importância econômica e populacional das capitais dos estados brasileiros.


3 - No mapa relativo aos anos 90, sentido da principal corrente migratória parte dos estados do nordeste brasileiro (em particular, Ceará) para o estado do Amazonas e outros do Rio Grande do Norte.


4 - São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, parcialmente Paraná, Mato Grosso do Sul, Goiás e áreas próximas ao litoral de estados do nordeste com exceção do Ceará.


Página 23


1) Ele foi mudando de lugar para abrigar a economia do país.Hoje em dia,o Distrito Federal está ligado no centro para suprir as necessidades dos estados.


2)Eles creceram devido ao aumento da economia e da industrialização.


3)Eles migraram do lado leste para o oeste,devido a uns dos principais focos economicos e devido ao grande frente pioneirista e eixos de progressão



4) *



PAG 24


1- A velocidade é a diferença, pois o MEIO NATURAL é lento, já o MEIO TÉCNICO é rápido.


2- No Meio Técnico é usado maquinas e transporte técnicos e no meio natural usamos o meio fluvial para a locomoção.


Pág. 24


1. O meio natural e o momento que a natureza ainda comandava nas ações humanas..


O meio técnico e quando a natureza não comandava mais era os sistemas técnicos ..


2. 1890 Meio natural o que predominava era a natureza ..


1940 quando o homem começa a utiliza meios técnicos


1990 quando a globalização se expandiu ..


Página 24 e 25


Lição de casa


1. A principal diferença entre meio natural e meio técnico,
é que no meio natural, é o momento caracterizado com
o período do "tempo lento", que se estendeu do surgimento
do homem do homem em sociedade ao advento das máquinas, e o meio técnico é quando o homem começa a se sobrepor ao "império
da natureza", caracteriza-se por sub-períodos que não
ocorrem de maneira equilibrada por todo o território.

2. O meio técnico científico-informacional, explica o mapa e período apresentado nos
anos de 1990, pois foi fundamental no período de globalização,de constituição
de um mercado global, baseando-se nas tecnologias de informação, intensificando
a comunicação e as relações comerciais.

3. A presença do meio técnico científico-informacional no espaço brasileiro está aumentando à cada dia através de meios de comunicação como o computador(internet) que fornece uma melhor comunicação intensificando as relações comerciais.


Pág. 25

3- Internet,televisão,telefone, dentre outros meios técnicos....

Pág. 25

Música

1.) Sim, com o mapa de 1990, pois na música mostra toda essa integração dentro e fora do Brasil.

2.)Mostra as características de cada cidade do Brasil.(cultura,costumes,a vida)


Pág. 26

Os primeiros habitantes do Brasil foram os indígenas.
Posteriormente chegaram os Portugueses e Espanhóis com predominação dos Portugueses que se espalharam por grande parte do território.
Atrás de especiarias começaram as Bandeiras e aumentando o povoamento do interior do país.
O espaço geográfico é construído com base nas atividades econômicas.
Surgiram vilas, posteriormente cidades.

Pesquisa resumida!

Pag. 26

A integração do território só tem inicio no século XX em torno de São Paulo e rio de janeiro,devido a industrialização.Antes disso a característica do povoamento era concentrada no litoral e as áreas econômicas eram isoladas uma das outras,mas ligada ao mercado externo.
Em 1950 a organização do espaço brasileiro com a penetração para o interior,foi favorecida pela construção de rodovias e pela construção de Brasília.
No século XIX o café e cultura também provocou transformações no espaço e na sociedade brasileira,com as ferrovias ligando os estados ao litoral brasileiro.
Hoje com a revolução tecnológica e informacional todas as regiões brasileira estão interligadas.

Pág. 27

Bom, o PAC é uma maneira em que a população pode estar "nestas obras especificas" exercendo uma atividade trabalhista remunerada, onde foram criadas muitas vagas de trabalho, é uma maneira de o governo estar aplicando recurso em um determinado local visando o envio de verbas para o fortalecimento do comércio em geral criando formas da população ter um crescimento monetário em época de crise.

Pág 28

Vc aprendeu?

alternativa E


Pág. 28

há um mapa

Pág. 29

(d)


Pág. 29

Sobre a inauguração de Brasília, que o Distrito Federal não pertencia à Brasília , só foi pertence aproximadamente a 1989 , a expansão dos espaços, a importância econômica e populacional das cidades.


Págs. 32 e 33

1. sim.fala da balança comercial do Brasil,isto é,a quantidade de importação e exportação.

2.Argentina,EUA e alguns países da Europa.

3.As de cor azul representam as importações do Brasil e as de cor vermelhas representa as exportações.Os EUA tem sua relação comercial equilibrada com o Brasil.O Japão mais importa que exporta para o Brasil.

4.balança comercial:é a diferença entre a quantidade de exportação e importação de um país.
Superávit:é quando a taxa de exportação é maior que a de importação.Dizemos que a balança comercial está positiva.
Déficit:é quando a taxa de importação é maior que a de exportação.Dizemos que a balança comercial está negativa.

5.como os países em desenvolvimento e subdesenvolvimento o Brasil mantém uma relação comercial vantajosa.Mas com os países industrializados exporta matéria-prima a preços baixos e importa produtos industrializados a preços altos.

6.Brasil exportador de matéria-prima e produtos agrícolas.


Pag 32

1-Sim,porque esta indicando os paises que mais importam e exportam.

Pag 33

2-com os paises europeus, china. Japão, EUA e argentina

3-que ha. uma enorme participação, tanto na importação como na exportação

4-balança comercial é a diferença entre o déficit e o superávit das importações e exportações.
Superávit: é quando o valor das exportações é maior que o das importações.
Déficit:é quando o valor das importações é maior que os das exportações.

5-com base no mapa,parece que o Brasil exporta e importa igualmente,não nos mesmo lugares ,pois em alguns ele mais importa e em outros mais exporta.

6-paises que o Brasil mais importa
paises que o Brasil mais exporta.


Pág. 35

1. Agenda Doha de Desenvolvimento, nome oficial do debate, a gradual redução de subsídios para incentivar a economia internacional e expandir o comércio nos países emergentes.

Pág. 35


2- A Área de Livre Comércio das Américas (ALCA) é um acordo comercial idealizado pelos Estados Unidos. Este acordo foi proposto para todos os países da América, exceto Cuba, segundo o qual seriam gradualmente derrubadas as barreiras ao comércio entre os estados-membros e prevê a isenção de tarifas alfandegárias para quase todos os itens de comércio entre os países associados.


Este acordo foi delineado na Cúpula das Américas realizada em Miami, EUA, em 9 de Dezembro de 1994. O projeto é resultado da tendência, no contexto da globalização, onde os países procuram estreitar as relações comerciais por meio de uma integração mais efetiva, onde as trocas comerciais possam acontecer de forma menos burocrática e com maiores incentivos.

Pag 35


1-é a redução de subsídios para incentivar a economia internacional e expandir o comércio nos paises emergentes.
2-enquanto Europa e estados unidos se opunham a fazer concessões, as nações do g-20 exigiam cortes nos subsídios agrícolas.
Lição de casa:
1-É o acrônimo da Índia ,Brasil e África do Sul


Pag 36


3-um grupo que incentiva a economia internacional e expandir o comercio nos paises emergentes representada pelo g-20grupo liderado pelo Brasil e India
4-Liberação do comercio global,eles pressionam a OMC para fiscalização do comercio mundial.


Pág. 38


a) Estados Unidos (Algodão); Mali(Biocombustível)


b)Devido ao sucesso do Brasil nas demandas apresentadas no órgão de controvérsias da OMC, o Brasil ganhou uma maior credibilidade e revelância internacional.
Atualmente, dado o sucesso do G-20, e nos conflitos apresentados na OMC o Brasil se encontra numa posição mais favorável no plano internacional.
via: 100 Repetentes

Para ver as respostas obtidas no blog anterior clique aqui