Física - vol 2 - 2º ano


Caderno do Aluno
ensino médio 2º série
Física
Pág. 4 

1 - Freezer , microondas , churrasqueira , ventilador , torraderia , ar - condicionado , frigideira , lá , geladeira , bolsa térmica , fogão , gelo , ferro de passar roupa , panela de pressão , chuveiro .. etc


2 - Ventilador - esfria ; Microondas - enquenta ; Freezer - esfria ; churrasqueira - esquenta ; geladeira - esfria ; fogão - esquenta .

Pág. 5 

1 - É a energia térmica em trânsito entre dois corpos ou sistemas decorrente apenas da existência de uma deferência de temperatura entre eles.

2 - É a grandeza física que mede o estado da agitação das partículas de u corpo caracterizando o seu estado térmico.

3 - Questões ligadas a calor e temperatura como clima , as máquinas , os tipos de roupas etc , tudo o que os leve a pensar sobre a importância e a presença do calor no dia - a - dia .

Pág. 05

1) A temperatura aumenta.

2) Nesse processo, as transformações de energia potencial grartacional dos chumbinhos em energia cinética quando estes caem através da extensão do tubo. Ao colidirem com a tampa do tubo, essa energia é convertida em térmica.

3) Quanto mais girar, maior será a energia potencial grartacional, transformada em energia cinética e em seguida em energia térmica.

4) Transformação de energia potencial grartacional (mecânica) devida a queda dos chumbinhos em energia cinética representada pelo movimento dos chumbinhos.

5) Q = m.c.*t (no lugar do * faça um delta)
Ep = m.g.h

Página 5

1- 1°C=4,18 J/cal - Caso encontre valores diferentes será por causa da matéria e dos procedimentos.

2-Transformação da energia potencial gravitacional em energia cinética que ao colidirem com a tampa é convertida em energia de vibração. É o conceito de calor como energia que transita de um corpo para outro.

3-É necessário para que o aumento na tampa seja significativo.

4-Epg em cinética, após a colisão parte dessa energia é transformada em energia termica.

5-
ΔQ=mcΔt
Q=500.0,03.50
Q=15.50
Q=750

Ep=mgh
Ep=500.10.1,20
Ep=5000.1,20
Ep=6000

Página 6

6-Admitindo que toda energia mecânica é convertida integramamente em energia térmica capaz de aumentar a temperatura do chubinhos, temos: Ep=ΔQ

7-n(ngh)=mcΔt

Página 7

1-A freiada de um ônibus, devido o atrito entre a borracha e o asfalto.
Quando se escreve na lousa, devido o atrito entre o giz e a lousa.

2-A pessoa que transmite parte da energia para o martelo, a energia potencial é transformada em cinética em que o prego se move e na forma de calor, e ai acontece o aquecimento e na outra parte sonora.

Página 7 

1) Aponta de uma caneta sendo riscada em uma superfície de metal um ferro sendo arrastado com velocidade no chão.

2) começa com a velocidade e a impulsação a energia vem das nossa mãos . O prego e a pessoa.

Pág. 8

1) energia potencial gravitacional,quando solta o peso irá fazendo com que mova as pás
fazendo com que as moleculas se agitem aquecendo a água.

2)Quando isola o recipiente.

3)
a) 1.22 Aceleração
b) 1.22 por segundo.

Página 12

1- Rumford se questionava a respeito de onde vem o calor produzido no aquecimento do metal quando perfurava blocos de ferro durante de canhões.

2- Em meados do século XVIII acreditava-se no calórico ( flúido ), Rumford que o calor não poderia ser fluido, pois como calor produzido pelo atrito os corpos não sofriam perda de massa.
Todo corpo ou sistema de corpos isolados termicamente é capaz de continuar a fornecer sem limitações, não pode ser uma substância a matérial, a não ser movimento

Página 15

1- É a expansão do vapor da água após entrar em ebulição.

2- Quando a água entra em ebulição, o valor de água sai com uma grande pressão e devido a disposição dos tubos, há o aparecimento de um torque que faz a máquina girar.

3- Transformações de energia térmica (calor) em energia mecânica (cinética) devido a rotação do bulbo da lâmpada.

4- Máquina e todo equipamento capaz de transformar energia térmica em trabalho útil. Para a máquina de homem é necessário aproveitar o momento para retirar água de um poço ou prender a esfera a um eixo que girasse solidário a ela, preso a rodas poderia construir um carro a vapor.

PAG 23

As máquinas termicas foram fundamentais e de extrema importância naquela época na 1ª revolução industrial, parase produzir mais rápido e acelerar processos variados. a física era fundamental para se projetar e construir aquelas máquinas. e naminha opinião é muito interessante o fato de apesar de passar tanto tempo, tudo isso ainda ser encotradas tantas influências.

VOCÊ APRENDEU?

1-Para facilitar processos de produção, dentre outros.

2-forma de produção rápida, o êxodo rural, o campo perdeu a importância, etc...

PAG 24

3-Pilões de branca:um jato de vapor impulsionava uma roda de oás por meio de engrenagem, transmitindo o movimento de pilões. Facilitava processos de moer alimentos.

4-
a-) a geladeira, para conservar alimentos, o microondas e grill para
esquentar alimentos.

b-)Seria muito mais dificil conservar alimentos e paraesquentá-los euteria de usar métodos primitivos com o fogo.
Página 25

Sugestões de perguntas

1) A Câmara de Combustão (cilindro de combustão),o Piston(se desloca com a pressão de combustão dos gases),o Eixo(que gira com a força de movimento do Piston))o Eixo de Comando de Valvulas.

2) O Motor de 2 tempos utiliza o óleo misturado à gasolina.É usado em mobilete, scooter, Motos de corrida, motos antigas e carros muito antigos,polui mais porém consideramos sua potencia.Já o Motor de 4 tempos é usado em carros e motos modernos,tendo com vantagens: Comodidade, menos barulho, segurança nas reduzidas de marcha, economia e menos poluição

3) O motor de 2 tempos faz com que o Piston realize somente dois movimentos pra chegar a combustão
1º tempo - A gasolina entra no cilindro e o pistão a comprime.
2º tempo - A gasolina explode, empurra o pistão e sai para o escapamento.
Ocorre uma explosão a cada giro do motor.
O motor de 4 tempos faz com que o Piston realiza 4 tempos
1º tempo - Gasolina entra no cilindro e o pistão a comprime.
2º tempo - A gasolina explode e empurra o pistão.
3º tempo - O pistão desce de volta e empurra a fumaça pra fora.
4º tempo - O pistão sobe de volta para abrir espaço para a nova gasolina que vai entrar.
Esse motor é usado em carros e motos modernos.
Ocorre uma explosão a cada 2 giro do motor.

4) Gasolina: combustão por velas, combustão incompleta (libera monóxido de carbono, carbono, óxidos de enxofre e óxidos de nitrogênio), taxa de compressão em média 10:1
Diesel: combustão por compressão (sem velas), a combustão é incompleta e a taxa de compressão elevadíssima.
Álcool: combustão por velas e completa (gera apenas CO2 e água) e taxa de compressão alta.

5) Esse motor biocombustivel pussue apenas um tanque.Todo o sistema de alimentação é igual ao do carro a álcool. Os bicos injetores, que pulverizam o combustível para dentro do motor, são os mesmos do carro a álcool, que são 30% maiores e possuem mais vazão.

Pág. 29, 30, 31

Você Aprendeu?

1) Dos 4 ciclos, somente o 3º libera energia, os outros 3 apenas consomem, como ele libera a energia, ele faz o trabalho.

2).O pedal do acelerador controla a liberação de combustível. assim, ao pisarmos no acelerador, este libera maior quantidade de combustível para os cilindros, o que implica em uma maior energia cinética(energia do movimento) e consequentemente uma maior velocidade.

3) Trabalha normalmente, como um de 4 tempos só que pela metade: Admissão e Compreensão trabalham juntos, e combustão e escape juntos também .
Partes principais são: Câmara de combustão, vela, pistão, válvula de palheta, entrada de combustível, saída do escapamento e caixa do motor .

4) Quando a vela, responsável por soltar faíscas, não as solta no tempo certo o carro não terá um bom desenvolvimento, pois a vela pode soltar faíscas na exaustão ao invés de soltar na compressão, não pondo, assim, o pistão em movimento.

5) Trecho AB: O volume premanece diminuindo só mente sua pressão.
Trecho BC: Pressão constante,obtendo diminuição do volume.
Trecho CD: Aumento de pressão com a diminuição de seu volume.
Trecho DE:Pressão constante com aumento do volume.
Trecho EA:Diminui a pressão tendo aumento em volume.
via: 100 Repetentes