Filosofia - vol 1 - 3º ano



Caderno do Aluno
ensino médio 3º série
volume 1 

Filosofia


Página 3

Foto 1 – Filosofo
Foto 2 – Filosofo
Foto 3 – a Morte de Sócrates
Foto 4 – Renato Janini Ribeiro

Página 4

2- pela aparência por associar Estilos adotados por personalidades

3- Resposta Individual

4- sim porquê as vezes julgamos pela aparência

Página 6

TABELA

1- Adjetivos (+)
Refletir, pensar/ estudar

Adjetivos (-)
Textos longos

2- Disciplina importante no meio social

3- para debater diversos temas, questionar, refletir ..

4- através de muito estudo, onde ele se questiona a si mesmo e as coisas do mundo.

Página 8

1 – Sim porque as pessoas pegaram um fato isolado que foi a sua queda no poço para o definirem como uma pessoa lunática que só se preocupava com as coisas do céu esquecendo-se das que estavam debaixo de seus pés.

2-
a filosofia de Tales não é sem utilidade porque foi ele o primeiro a chegar a conclusão que a água da origem as coisas e foi ele também quem conseguiu explicar o eclipse solar e essas duas descobertas são de grande importância até os dias de hoje.

3 – (Resposta pessoal)

Página 9

4)Sim, porque a maioria das pessoas tem uma imagem muito negativo e boba sobrte filosofia.

Pesquisa individual

a)São chamados de pré-socrates porque antecederam a Sócrates e seus pensamentos

b)Considerado o primeiro filósofo grego, Tales nasceu por volta de 625 a.C. em Mileto, onde teria, como um dos sete sábios, fundado a escola que conserva o nome de sua cidade natal. Já se pretendeu ver, na escola de Mileto, quer dizer, em Tales, Anaximandro e Anaxímenes, a expressão mais autêntica do espírito jônico, ao qual se oporiam os eleatas, representantes do espírito dórico. A nova concepção de mundo dos milésios denominou-se logos, palavra grega que significa razão, palavra ou discurso. As características do logos, que o contrapõem ao pensamento mítico, são a imanência (oposta à transcendência), o naturalismo e o abandono do antropomorfismo. Esboçou-se assim a primeira tentativa de explicar racionalmente o universo, sem recorrer a entidades sobrenaturais.
Tales teria sido um precursor do pensamento científico ao substituir a explicação mítica da origem do universo pela explicação física de sua cosmologia baseada na água.
c)Os pré-socráticos buscavam a origem natural do universo, as transformações que ocorriam e seu destino. Para isso utilizavam aforismos (expressão moral que é compreendida por meio de poucas palavras) para relatar sobre a natureza utilizando conceitos metafísicos e místico-religiosos.
Os pré-socráticos se originaram em Mileto, Éfeso, Samos, Clazômena, Crotona, Tarento, Eléia, Agrigento e Trácia. Dentre os filósofos dessa época, pode-se destacar:

Tales de Mileto: Era monista, acreditava na origem de todas as coisas por meio da água.

Anaximandro: Também monista, acreditava na origem de todas as coisas por meio do indeterminado.

Anaxímenes: Também monista, acreditava na origem de todas as coisas por meio do ar.

Pitágoras: Originou o pitagorismo, escola filosófica e seita política, religiosa e moral.

Heráclito: Também monista, acreditava na origem de todas as coisas por meio do fogo.

Parmênides: Escrevia em forma de versos e acreditava no ser uno, eterno e imóvel.

Zenão: Também monista, destaca-se pelas suas dificuldades racionais em relação a críticas do pluralismo.

Empédocles: Pluralista, acreditava na origem de todas as coisas por meio dos quatro elementos: terra, água, ar e fogo.

Anaxágoras: Também pluralista, acreditava na origem do universo pelos quatro elementos.

Leucipo: Atomista, acreditava na origem do universo por meio dos átomos.

Demócrito: Também atomista, acreditava na origem do universo por meio dos átomos.

Página 10, 11 e 12

complete a tabela

Nome:Tales de mileto
contexto: mileto, antigo colônia grega nasceu 624 a.c. e morreu 548a.c
escola:escola jonica
principais idéias: a origem do mundo era a agua essência do universo

Nome:Anaximenes de mileto
contexto: jonia, antigo colônia grega nasceu 588 a.c. e morreu 524 a.c
escola:escola jonica
principais idéias:a origem do mundo era o ar

Nome: Anaximandro de mileto
contexto: mileto, antigo colônia grega nasceu 611 a.c. e morreu 547 a.c
escola:escola jônica
principais idéias:a origem do mundo era o aipeiron

Nome: Pitágoras de samos
contexto: samos, antigo colônia grega nasceu 571 a.c. e morreu 496a.c
escola:escola jônica
principais idéias:
Nome: zenon de eléia
contexto: eléia ,antiga, colônia grega nasceu 495 a.c. e morreu 430 a.c.
escola: escola jônica
principais idéias: a origem do mundo do era a alma

Nome: Lucipo de eléia
contexto: Eléia, antiga colônia grega nasceu 460 a.c. e morreu 370 a.c
escola: escola jônica
principais idéias: a origem do mundo era átomo

Nome: Parmênides de eléia
contexto: eléia, antiga colônia grega nasceu 530 a.c. e morreu 430 a.c.
escola: escola jônica
principais idéias: a origem do mundo do era a razão absoluta

Nome: Heradito de efeso
contexto: efeso, antiga colônia grega nasceu 540 a.c. e morreu 470 a.c.
escola: escola jônica
principais ideias: a origem do mundo era o fogo

Nome: democritos de abdera
contexto: albdera, antiga colônia grega nasceu 460 a.c. e morreu 370 a.c.
escola: escola jônica
principais idéias: a origem do mundo era o átomo

Nome: Anaxágoras de clazomenes
contexto: clazomenes, antiga colônia grega nasceu 500 a.c. e morreu 428 a.c.
escola: escola jônica
principais idéias: a origem do era o nous

Página 12

1) o Pulo da pulga dependerá, da altura em que ela estiver

2) Por nenhum dos dois, pois o zumbido é do movimento das asas

Página 14

1)Sim, pois através do humor e da comedia podemos muito bem abordar e/ ou manifestar uma situação em haja preconceito

2)sim, porque através dessas manifestações e que muitas pessoas se expressam, expõem seus sentimentos perante a sociedade que é muito preconceituosa

3)não, pois no tempo de Sócrates comedia tinha como objetivo transmitir uma mensagem e os programas humorísticos atuais tem como objetivo fazer rir.

Página 14

1)A comedia foi uma manifestação artística e sua importância era transmitir uma mensagem. Platão(Apologia de Sócrates) e Aristófanes (as nuvens)

2)Sim. pois Aristófanes considerava Sócrates uma pessoa totalmente alienada por de se preocupado com assuntos sem menor relevância.

3)A democracia ateniense era muito rígida e controlada. Já a democracia brasileira atual e muito alerta e maleável.

Página 15

1-)A comédia era a forma de “atacar” políticos,funcionários e colegas autores.Tal liberdade só era permitida através da comédia.
A comédia antiga em si pode ser considerada o primórdio da democracia universal.

2-)Sim,por que ele distorce e menospreza os estudos de Sócrates.Deixa a dúvida se Sócrates era alheio aos problemas relevantes sendo um lúdico desvairado.

3-)Ateniense: Democracia participativa e direita(participação do cidadão na assembléia do povo onde se aprovava ou rejeitava projetos em prol da melhoria de vida da cidade.O modelo atual é a Democracia representativa direita.
Direita pelo fato das leis serem feitas e votadas pelo próprios cidadãos e não pelos representantes eleitos como nos sistemas de hoje.A diferença está no direito da igualdade,parece separar a vida cotidiana da política.
ATENIENSE:Só podiam participar da assembléia uma parte da população masculina e adulta.

4-)PRÉ SOCRATICOS
Naturista (não naturalistas) buscavam saber do que são feitas as coisas.

SÓCRATES
Queriam saber o que é o conhecimento.Sócrates buscava verdade sobre as coisas
Método: Maiêutica (parteiro de idéias)

SOFISTAS
É uma linha de raciocínio correta só que partindo de uma premissa falsa.

Página 16

4)Pré-Sócrates-> preocupam-se com questões de justiça, beleza, amor e etc..
Sócrates-> preocupava-se com questões de cosmologia e astronomia
Sofistas-> preocupavam-se com questões de política, ética e conhecimento

Página 18

com ‘ não saber ler ‘ ele quer dizer ‘ não saber interpretar’ sendo assim neste texto ele destaca que é impossível se estudar filosofia se você não souber interpretar seus textos.

Página 19

Piada de filosofia

Página 20

resposta pessoal

Página 21

1a) Significam conceitos filosóficos que se tornaram senso comum com o passar do tempo

b)Sim, sabia ou não sabia

c)”Quem desdenha quer comprar” e ” Pimenta nos olhos dos outros é refresco”

Página 24

2. a) A inversão que ele faz mostra a verdade, as coisas como elas são, continuando otimista mesmo assim.

b) Raciocínio lógico.

c) O senso comum é melhor expressado pelos ditados, que “fantasiam” situações. O bom senso exprime a parte crítica, tomando consciência de fatos, sendo assim, melhor expressado pela canção.

Página 25

(lição de casa)

1) A idéia que ele quer nos mostra , é a sua opinião , o seu pensamento desse ditado , através de sua vivência .

2) Ele sustenta seus argumentos , defendendo os ditados que ele é a favor , e criticando os que ele é contra .

3) Ele conclui as más idéias , através das suas experiências , vivenciadas pelo autor .

4) Resposta Pessoal .
EX : Concordo , pois realmente alguns ditados são verdadeiros , e estes têm sentido , enquanto outros é quase irreal .

Pagina 25 e 26

1) A tese do autor é dar um bom conselho que quebra toda a crença e os valores que os ditados populares transmitem para nós.

2)Os argumentos que ele utiliza é fazer o inverso (usa o antônimo) de alguns ditados populares para provar que ele não tem nenhuma chance de acontecer na pratica.

3) A conclusão que ele chega é que os ditados populares não se realizam e não tem nenhum fundamento.

4) Resposta pessoal

Página 27

Filósofos e filósofos

1)Vejo sim, pois as duas frases nos querem dizer que somos algo mesmo que não seja de uma forma direta.

2) Isso quer dizer que todas os homens são seres capazes de pensar e de dar a sua opinião, mesmo não sendo um legitimo filosofo por profissão

Página 29

1.
a) O filósofo especialista não só ‘pensa’ com maior rigor lógico, com maior coerência, mas conhece toda a história do pensamento.

b) Deixar claro que todas as pessoas são potencialmente capazes de um ‘filosofar’ espontâneo para um ‘filosofar’ mais elaborado e rigoroso.

c) Porque a filosofia afasta os filósofos do contato com a massa, com o povo, com as pessoas mais simples.

Página 31, 32

1-n em que sentido se diz filosofam Que aqueles Entre Estão os Que Esses Dois extremos, e UM deles É o Amor.

2-A Diferença Que Consiste em “philosopho” amante Quer dizer saber fazer e “philodoxo” Quer Dizer Opinião da amante.

3-O Que Aplica MIM em Melhor é “philodoxo” (amante da Opinião), pois eu Posso Até Ser inteligente, sou Sábio Mas não. Porém Tenho Opinião formada Sobre as coisas.

1-A citação Quer se dizer refletirmos Sobre Alguém OU Algo, Estamos Pensando, Mas Não se Pensamos Precisamos Estar refletindo OU Algo Sobre Alguém.

2 problematizar uma Noção Comum (de senso Comum) de reflexão Como atividade puramente intelectual abstrata, desligada da Realidade concreta, OU Como pura Contemplação, ou ainda Como devaneio, divagação. Pretende-se focalizar uma reflexão filosófica Como Aquela Que se debruça Sobre Problemas Concretos e prementes da Realidade, a exemplo do OS Que fizeram filósofos em SUA época.

Página 33, 34

1-Reflexão Radical -> profunda análise.
Reflexão Rigorosa -> Continuar coerência.
Reflexão de Conjunto -> Toma totalidade.

filosofar 2-Pôde Aquele Que busca o Conhecimento Verdadeiro Por meio de Uma reflexão. Reforçando uma tese de que “de Todos os Homens São filósofos”

Página 35

1-A filosofia serve n desenvolvermos o Nosso pensamento, elaborar uma Nossa Própria Concepção do Mundo e das Coisas De uma MANEIRA crítica e consciente.

2-Sim Importante é, Por que na Escola convivemos com Vários Tipos de Pessoas (Pensamentos) e portanto, com Diferentes opiniões iguais Que Não São Nossas como, e Por isso temos Que elaborar um Própria Nossa e defende-la.